1/2
  • Por Roque Tomazeli

Com voto do PT, Câmara de Gramado aprova moção de apoio à Lava Jato

A proposição de apoio ao juiz Sergio Moro e à investigação que já mandou para a cadeia mais de 100 políticos e empresários brasileiros partiu da vereadora Manu Caliari (PRB). A moção foi aprovada por unanimidade na sessão de segunda-feira da Câmara Municipal.

Crédito foto: Divulgação I CM

Vereadora Manu Caliari (PRB)

Para a vereadora, a corrupção afeta diretamente o bem-estar dos brasileiros e é dever dos agentes públicos e políticos defender os direitos dos que perdem investimentos em educação, saúde, habitação, segurança e infraestrutura provocados pelos desvios.

Sobre a Lava Jato, Manu destacou o trabalho investigativo da Polícia Federal, autorizado pelo juiz Moro, resultando em mais de mil mandatos de busca e apreensão, de prisão temporária, de prisão preventiva e de condução coercitiva na apuração do esquema de lavagem de bilhões de reais em propina.

– Esta moção de apoio visa contribuir para que o império de corrupção instaurado neste País seja desmantelado e os culpados sejam punidos, independentemente do seu partido ou classe econômica – justificou a vereadora.

PT APOIOU COM RESSALVA AO JUIZ MORO

O vereador Professor Daniel, do PT, partido que tem dezenas de liderança nacionais denunciadas e outras presas, votou favoravelmente à moção.

Aprovou, porém não assinou o documento como os demais vereadores, por discordar das ações do juiz Sergio Moro que, segundo ele, tem motivações políticas.

Professor Daniel ainda disse que eventuais crimes de corrupção no Brasil devem ser investigados e os culpados responsabilizados, na forma da lei.

A entrega da homenagem ao juiz Sergio Moro será durante o evento Jornada Internacional de Investigação Criminal, a ser realizada em Gramado (Hotel Serra Azul) nos dias 1 e 2 de setembro.

#VereadoresapoiamLavaJato #RepórterGramado