1/2
  • Por Roque Tomazeli

Vereador Ubiratã cobra projeto e ação do governo Fedoca

Em pronunciamento de 10 minutos na sessão da Câmara Municipal de ontem, 18, o vereador Dr. Ubiratã (PP) disse que nove meses depois do seu início, o governo Fedoca Bertolucci (PDT) ainda não apresentou projeto e que Gramado vive a maior crise já vista na Saúde pública.

Crédito foto: Divulgação | CM

Dr. Ubiratã vê crise generalizada na área da Saúde pública e governo municipal sem projeto

Na avaliação do vereador, o governo municipal teve tempo suficiente para mandar projetos para o Legislativo extinguindo secretarias, diminuindo salários de CCs e feito algo em relação à área da Saúde.

Segundo Dr. Ubiratã, o hospital está sem condições, os equipamentos sucateados, com os serviços de cirurgias, exames e procedimentos realizados pelo SUS paralisados, prejudicando exatamente a população mais pobre.

Ele também apontou dificuldades como falta de medicamentos, exames, fisioterapia e odontologia na rede pública municipal.

O vereador ainda relacionou problemas na área da Educação, citando a falta de vaga em creche (Escola de Educação Infantil), desvios de merenda escolar, e apontou que os eventos de Gramado não estão aproveitando a mão de obra local para preencher as vagas criadas.

DEFESA

O líder do governo municipal, vereador Professor Daniel (PT), contrastou os dados do vereador do PP argumentando que houve redução no número de nomeações de CCs e que Gramado precisa da estrutura administrativa existente.

Professor Daniel frisou que a lista de espera em creche é menor em relação ao governo anterior, que licitação acaba trazendo junto mão de obra de fora, que o mandato do prefeito é de quatro anos e que, com o tempo, obras e outras realizações vão acontecer.

#VereadorUbiratãOliveiraPP #RepórterGramado