1/2
  • Por Roque Tomazeli

Projeto do vale-alimentação deve ser rejeitado na Câmara

Foi o que afirmou nesta quinta-feira, 3, em entrevista coletiva, o líder do Progressistas na Câmara Municipal, vereador Dr. Ubiratã, na presença dos demais vereadores da bancada Luia Barbacovi, Rosi Ecker Schimitt, Volnei da Saúde e Rafael Ronsoni.

Crédito foto: Divulgação | CM

Imprensa foi convidada para ouvir justificativas dos vereadores do Progressistas sobre o vale-alimentação

Segundo o vereador Dr. Ubiratã, a bancada auxilia a administração sempre que possível e, inclusive, defende melhorias para os servidores.

No entanto, conforme o vereador, o projeto do vale-alimentação apresentado não atende sequer algumas solicitações do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Gramado (SSPMG) e de parte de servidores que temem perder atuais conquistas.

A expectativa da bancada do Progressistas é de que o projeto do vale-alimentação envolva valores de R$ 5 milhões por ano.

Durante o encontro, na Câmara Municipal, a assessoria da bancada do Progressistas distribuiu o oficio 03/18 do SSPMG, em que consta que a minuta do projeto do vale-alimentação havia sido aprovado com ressalvas pelos associados.

Com cinco vereadores, a bancada do Progressistas é maioria na Câmara Municipal.

Não há uma data definida para o projeto de lei do vale-alimentação entrar em votação.

#valealimentação #RepórterGramado #VereadorDrUbiratãProgressistas