1/2
  • Por Roque Tomazeli

Impasse: Fedoca retira projeto do vale-alimentação da Câmara

A motivação, alegada pelo prefeito Fedoca Bertolucci (PDT), é uma emenda das bancadas do PP e do PRB que exclui do benefício do vale-alimentação os cargos em comissão (CCs) da Prefeitura.

Crédito foto: Carlos Borges | PM

Prefeito Fedoca vê inconstitucionalidade na emenda da oposição

Para o prefeito, a emenda dos vereadores de oposição apresenta vício de inconstitucionalidade, pois não respeita os princípios da separação dos poderes e da isonomia entre os servidores públicos, além de gerar passivo judicial expressivo ao erário.

– Manifesto a minha solidariedade com a classe dos trabalhadores do Município, que espera há muito tempo por este benefício. Agora, conclamo o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, os vereadores e a sociedade para que possamos debater este projeto com o objetivo de atender ao interesse público – reage o prefeito.

Na sessão da Câmara Municipal, segunda-feira, 12, na fase de discussão do projeto, o líder do governo, vereador Professor Daniel (PT), havia manifestado posição contrária à emenda, destacando, inclusive, que os cargos em comissão (CCs) do Legislativo de Gramado recebem o vale-alimentação.

A TENDÊNCIA DA VOTAÇÃO ATÉ A RETIRADA

A favor do projeto, sem emenda:

Professor Daniel (PT);

Renan Sartori (PMDB);

Everton Michaelsen (PMDB).

A favor do projeto, com emenda:

Doutor Ubiratã (PP);

Volnei da Saúde (PP);

Rafael Ronsoni (PP);

Luia Barbacovi (PP);

Rosi Ecker Schmitt (PP);

Manu Caliari (PRB).

#RepórterGramado