1/2
  • Por Roque Tomazeli

Agroindústrias: participantes do Gramado Colônia recebem projetos arquitetônicos da Prefeitura

Marcos Rossato (cogumelos), Francieli Mapelli Ramme (embutidos) e Jeani Wingert (verduras e legumes semi-processados) receberam nesta terça-feira, 18, das mãos do prefeito Fedoca Bertolucci (PDT), os projetos arquitetônicos previstos no Programa Gramado Colônia para fins de regularização de agroindústria.

Crédito foto: Carlos Borges I PM

Secretário Meneguzzo, prefeito Bertolucci e Elisa Schreiner com proprietários de agroindústrias

Os beneficiários, a partir de agora, poderão obter o alvará de funcionamento e localização definitivo e estarão com os seus empreendimentos totalmente formalizados. O Programa Gramado Colônia tem, atualmente, 14 projetos arquitetônicos de agroindústria em processo de aprovação na Prefeitura.

Dulce Rossato (representando Marcos), produtora de cogumelos da Linha Ávila Alta, explicou que tem experiência de 28 anos com “cogumelos in natura” e que pretende ampliar a produção para conservas e patês, por exemplo.

Jeani Wingert, produtora da Serra Grande (mix de verduras e massas) registrou satisfação com o apoio público recebido do prefeito, do secretário da Agricultura, Alexandre Meneguzzo, e da coordenadora de Agroindústria, Elisa Schreiner.

Franciele Ramme, produra de embutidos, linguiça, salsicha e salames da Linha Quilombo, igualmente destacou a importância do projeto recebido da Prefeitura, especialmente pela oportunidade de regularização e economia gerada em razão da gratuidade.

OBRIGAÇÃO Para o secretário da Agricultura, Alexandre Meneguzzo, a iniciativa pública, a fim de facilitar a regularização, bem como a adesão dos proprietários de agroindústrias, repercutem positivamente no negócio e na qualidade do produto que chega à mesa do consumidor.

O prefeito Fedoca Bertolucci disse aos produtores ser uma “obrigação do poder público” atender segundo a legislação, criando oportunidades para o empreendedor produzir nas condições do mercado, protegidos pelas normas legais.

GRAMADO COLÔNIA Tem a finalidade de promover o desenvolvimento das agroindústrias familiares, estimular a valorização da produção local, possibilitar a agregação de valor à produção primária, bem como alavancar a formalização dos empreendimentos rurais.

Podem participar do programa os agricultores familiares de Gramado que tenham agroindústria familiar ou que pretendam implantar unidades de processamento artesanal da produção agropecuária de forma coletiva ou individual.

As agroindústrias terão os seguintes serviços custeados pelo Município: a) projeto arquitetônico de regularização ou construção; b) projeto hidrossanitário e de sistema de efluentes gerados pela atividade; c) plano de prevenção contra incêndio – PPCI; d) laudo de tempo de construção de edificação; e) licenciamento ambiental; f) Manual de boas práticas; g) Tabela nutricional dos produtos da agroindústria; h) design gráfico dos rótulos dos produtos.

Inscrições: EMATER / RS; Rua Senador Salgado Filho, 323 – Centro. Fone: 54 3286-2698.

Informações: Setor de Agroindústrias da Secretaria da Agricultura; Rua Josias Martinho, 380 – Bairro Moura. Fone: 54 3286-7658.

#GramadoColônia