1/2
  • Por Roque Tomazeli*

Prefeitura e governo do Estado discutem projeto de testagem de turista

A fim de evitar a propagação de novas variantes do coronavírus em Gramado, a Secretaria da Saúde (SES) do RS e a Prefeitura iniciaram na quarta-feira, 21, tratativas para a elaboração de um projeto de testagem de visitante na chegada ao Município (que deve receber mais vacinas) e acompanhamento dos casos que se mostrarem necessários.

Testagem de visitante pode ocorrer na entrada da cidade, a exemplo da Várzea Grande


Ainda sem data de início da execução confirmada, os detalhes do projeto serão debatidos entre as equipes técnicas.


– Certamente neste segundo semestre, devemos receber mais visitantes de outros locais do País no Estado, e precisamos de estratégias para evitar a transmissão do vírus – disse a secretária estadual da Saúde, Arita Bergmann.


O especialista em saúde do Laboratório Central do Estado (Lacen), Richard Steiner Salvato, lembrou de que duas das variantes de preocupação do coronavírus (a P.1, que teve primeiro registro no Amazonas, e a Delta, com primeiro registro na Índia) foram identificadas em Gramado (um terceiro caso suspeito está em análise).


Também em pauta na reunião, a secretária da Saúde informou que a SES está trabalhando em um estudo para corrigir possíveis defasagens na distribuição de doses da vacina contra covid-19, e realizar remanejo que beneficiem municípios que tenham população maior do que as estimativas ou que vacinam muitas pessoas de fora do seu próprio território, como é o caso de Gramado e outras cidades serranas.


Crédito foto: Roque Tomazeli


*Com Imprensa SES


*Texto atualizado às 8h25: quarta-feira, 21, e não dia 20 como havia constado.