1/2
  • Roque Tomazeli

Prefeitura destina R$ 3,1 milhões para levantamento cartográfico

O contrato de R$ 3.107, 235 é para a execução de serviços técnicos de imageamento aerofotogramétrico, cobertura LIDAR (gera modelo digital de terreno e modelo digital de superfície que representam o terreno, por exemplo) e demais serviços especializados de cartografia, fotogrametria e geoprocessamento. A Engefoto Engenharia e Aerolevantamentos S.A, de Curitiba, é a empresa contratada.

Levantamento cartográfico atinge a área urbana


Segundo justificativa da Prefeitura para a contratação do serviço, Gramado é um importante destino turístico do Brasil, com crescimento em ritmo acelerado que, de 2010 a 2020, saltou de 32 mil habitantes para mais de 36 mil habitantes (estimativa do IBGE).


Ainda cita a grande procura para empreendimentos, não apenas residenciais, mas também de lazer e turísticos, ocasionando pressões superiores aos encontrados em outros municípios sobre as diretrizes urbanísticas, fauna e flora.


E diz ter concluído, considerando a dinâmica das cidades brasileiras, pela Norma para Especificação Técnica para Produtos de Conjunto de Dados Geoespaciais, da Diretoria de Serviço Geográfico do Exército, ser recomendado atualizar a base cartográfica municipal a cada 5 anos, podendo ser a cada 10 anos em áreas rurais.


O último imageamento aéreo contratado pelo Município, de acordo com a informação, foi realizado no ano de 2012, contemplando apenas na área urbana da época.

Levantamento cartográfico atinge também a área rural


A dotação orçamentária é da Secretaria da Fazenda, Secretaria do Meio Ambiente e Secretaria de Planejamento, Urbanismo e Publicidade.


Crédito fotos: Roque Tomazeli