1/2
  • Por Roque Tomazeli

Pesquisa UCS para certificar Gramado como "Cidade Para Todas As Idades"

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) é parceira acadêmica no desenvolvimento de pesquisa para promover a candidatura de Gramado como cidade para todas as idades. O trabalho pretende identificar as condições sociais, econômicas e culturais que o Município oferece para a população idosa, a fim de apresentar uma carta de intenções para buscar a certificação.

A iniciativa se conecta a um movimento global liderado pela Organização Mundial da Saúde, que considera que uma cidade amiga do idoso estimula o envelhecimento ativo por gerar processos de otimização das oportunidades de saúde, participação, aprendizagem ao longo da vida e segurança de forma a promover qualidade de vida à medida que se envelhece.


Esse conceito é seguido a fim de tornar cada cidade um lugar de convivência mais fácil, mais confortável e segura para o idoso e, em consequência, para toda a população, conforme define o Centro Internacional de Longevidade Brasil.


Integram a mobilização para incluir o Município na Rede Mundial de Cidades e Comunidades Amigas das Pessoas Idosas a UCS, a Prefeitura (com a Secretaria da Cidadania e Assistência Social e o Conselho Municipal do Idoso), o Centro Internacional de Longevidade Brasil, executor do projeto, o Instituto Moriguchi, parceiro institucional, e a Companhia Paulista de Força e Luz.


MAIS DE 60 ANOS

Com população superior a 36 mil pessoas, estima-se que 10% dos moradores de Gramado tenham entre 60 e 101 anos. Por isso, integrar uma rede mundial nesse âmbito reconhece o compromisso da comunidade com trabalho em benefício aos idosos, além de propiciar políticas, ambientes e estruturas com foco em seu atendimento e qualidade de vida.


No RS, segundo os executores da pesquisa, Veranópolis e Porto Alegre já são certificados.


Crédito imagem: divulgação Ascom PM