1/2
  • Por Roque Tomazeli

Pedágios, investimentos nas rodovias e Miguel Tissot na mesa da EGR

O presidente da Câmara Municipal, vereador Luiz Barbacovi (PP), e o deputado estadual Sérgio Turra (PP) levaram ao conhecimento do presidente da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), Nelson Lídio Nunes, posições da região relacionadas ao anunciado aumento dos preços dos pedágios e reivindicações a respeito de obras reclamadas pela população.

Crédito foto: Gabriela Brands Rhoden

Luia Barbacovi, Sérgio Turra, Nelson Nunes, Giovani Colorio e Ney Michelucci ( diretor administrativo e financeiro) na EGR anteontem

Segundo o presidente da EGR, há uma defasagem próxima de 90% na tarifa dos pedágios – hoje de R$ 5,90. “Atendendo as reivindicações das comunidades envolvidas e também usando o bom senso estamos analisando um aumento menor, que não deve ultrapassar os 50%. Ou seja, deverá ficar abaixo dos R$ 9,00 (a projeção inicial era de R$ 10,70). A definição do valor e a data do aumento deverão ser decididas nos próximos dias, mas ocorrem ainda em 2017”, disse Nunes.

Em relação às obras de sinalização, travessia e rótulas postuladas, Nelson Nunes ficou de apresentar um cronograma de realizações junto com o anúncio do aumento da tarifa dos pedágios.

RUA MIGUEL TISSOT

Sobre a Rua Miguel Tissot, interrompida no sentido bairro- RS 115, o presidente da EGR informou que o assunto está em fase adiantada de negociações com a Prefeitura de Gramado e que a liberação nos dois sentidos pode surgir a partir da abertura de uma via paralela, ligando o trecho à perimetral.

#PedágiosEGRMiguelTissot #RepórterGramado