1/2
  • Por Roque Tomazeli

Para melhorar, Prefeitura quer auxiliar empresa de transporte coletivo de Gramado

O prefeito Nestor Tissot (PP) decidiu na terça-feira, 11, auxiliar financeiramente a empresa de transporte coletivo Gramado Turismo com R$ 250 mil. Segundo a justificativa, a empresa enfrenta problemas financeiros e são muitas as reclamações de usuários com o cancelamento de rotas e horários.

Empresa Gramadotur opera o transporte coletivo em Gramado


Agora, um projeto de lei requerendo autorização legislativa será encaminhado pelo Executivo para a Câmara Municipal e o repasse, conforme o estipulado, ficará condicionado à retomada plena dos serviços.


– Nossa reivindicação como Poder Público é para que os usuários do transporte coletivo estejam recebendo um serviço de qualidade. Vamos intensificar os debates junto à empresa para que possamos construir um transporte a contento de nossa população – defendeu o prefeito.


CRISE NO SETOR

O secretário de Trânsito e Mobilidade Urbana, Tiago Procópio, disse que desde 2020 a empresa acumula problemas financeiros.


– Assim como outras cidades brasileiras, Gramado percebeu uma redução significativa na utilização do transporte público, agravada pela pandemia do coronavírus e os constantes aumentos no combustível. Esses agravantes fizeram com que refletisse na saúde financeira da empresa – explicou Procópio.

Crédito foto: Roque Tomazeli