1/2
  • Por Roque Tomazeli

MDB e PT de Gramado querem plebiscito para venda da Corsan, Procergs e Banrisul

Atualizado: Abr 30

Os vereadores Cícero Altreiter, Renan Sartori, Rodrigo Paim (MDB) e Professor Daniel (PT) protocolaram na Câmara Municipal, sexta-feira, 23, uma Moção de Repúdio contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 280/19, que tramita na Assembleia Legislativa, dispensando de consulta popular os casos da venda de estatais.

A Câmara Municipal é composta por quatro vereadores do PP, três do MDB, um do PSDB e um do PT


Segundo os vereadores, a PEC revoga os parágrafos 2º e 5º do artigo 22 da Constituição do Estado do Rio Grande do Sul, tirando da população o direito de opinar sobre a pretendida venda da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), Companhia de Processamento de Dados do Estado do Rio Grande do Sul (Procergs) e Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul).

DEFESA DAS ESTATAIS

Os vereadores entendem que a população tem o direito de decidir, de ser consultada sobre o assunto, e que as empresas são essenciais para o desenvolvimento do Estado.


Eles dizem, ainda, que a eventual fragilização da posição da Corsan, Procergs e Banrisul pode acarretar importantes perdas econômicas e de execução de políticas públicas para Gramado.


A Moção de Repúdio consta na Ordem do Dia de segunda-feira, 26.


Crédito foto: divulgação CM

ÚLTIMAS NOTÍCIAS