1/2
  • Por Roque Tomazeli

Prefeitura e entidades voltam à carga no combate à panfletagem

Em reunião realizada na quarta-feira, 4, representantes da Secretaria de Planejamento, Urbanismo, Publicidade e Defesa Civil e entidades representativas de setores ligados à gastronomia, hotelaria, comércio e serviços criaram um grupo de trabalho para estabelecer novas estratégias de combate à panfletagem em Gramado.

Crédito foto: Renata Garcia | PM

Legislação e equipamentos recentemente doados à Prefeitura são insuficientes para conter os abusos

A panfletagem na cidade é proibida desde 2014. Mesmo assim, a prática é comum em pontos de grande concentração de turistas como no Largo da Matriz, Palácio dos Festivais, Rua Coberta, Praça Major Nicoletti, Lago Negro e nas principais ruas centrais.

LEGISLAÇÃO

1º Autuação com multa de R$ 778,25;

2º Autuação com multa de R$ 1.556,50;

3º Autuação com multa de R$ 1.945,61 (mais interdição e suspensão do alvará por 30 dias);

4º Autuação com multa de R$ 6.323,27 (mais cassação do alvará).

Denúncias: 3286.2500.

Participaram do encontro, além da Prefeitura, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares (SindTur), Sindicato dos Dirigentes Lojistas (Sindilojas), Visão - Agência de Desenvolvimento, Conselho de Dirigentes Lojistas (CDL) e Convention & Visitors Bureau.

#Panfletagem #RepórterGramadoRecessoParlamentardeVerão