1/2
  • Por Roque Tomazeli

Sindilojas desaprova legislação sobre a proibição da distribuição gratuita de sacolas plásticas

Em nota distribuída à Imprensa nesta quinta-feira, 4, o Sindilojas Hortênsias discordou da legislação proibindo a distribuição gratuita de sacolas plásticas aos consumidores, aprovada pela Câmara Municipal na segunda-feira, 1º. Confira:

Decisão dos vereadores desagradou entidade representativa do comércio


"O uso das sacolas plásticas é significativo no comércio varejista, pois o empreendedor busca um produto que tenha bom custo-benefício. Elas são resistentes, apresentam facilidade para acondicionar e protegem o produto da chuva. As de papel tem um valor mais elevado. Ambas são recicláveis.


Entendemos a importância da preservação ambiental e cremos que deva existir maior movimentação quanto ao respeito ao lugar que se vive, lembrando que pets e copos plásticos também são exemplos que afetam o meio ambiente se descartados de forma incorreta.


Enquanto não tivermos uma educação efetiva quanto à questão da responsabilidade do consumo e da economia, usando e jogando fora, não darmos valor e importância e não devolvermos para a reciclagem, apenas estaremos elevando custos, trocando de material e problema. A minha liberdade termina quando inicia a do próximo. Enquanto nos preocupamos em encontrar culpados e fazer leis para impor costumes ou normas, dificilmente vamos conseguir o engajamento da comunidade. Existindo a consciência do respeito ao próximo e à preservação do meio ambiente para o bem-estar comum, teremos os resultados desejados.


A questão ambiental é muito importante, mas acreditamos que devesse haver uma maior discussão quanto à proposta junto às partes envolvidas".


Guido Thiele Presidente do Sindilojas Hortênsias


Crédito foto: Roque Tomazeli