top of page
  • Por Roque Tomazeli

Projeto de lei sobre acolhimento de crianças e adolescentes tramita na Câmara Municipal

O secretário de Cidadania e Assistência Social, Ilton Gomes, apresentou na quinta-feira, 22, na Câmara Municipal, um projeto de lei que institui o “Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora no Município de Gramado”. Em síntese, a proposição requer autorização para repassar subsídio financeiro para famílias que acolham abrigados temporariamente em suas residências, proporcionando oportunidade de convivência familiar.

Executivo, Legislativo e Ministério Público discutiram o projeto


O acolhimento familiar também será destinado para crianças e adolescentes em situação de risco social (negligência, abandono e abusos), com a proposta de oferecer um ambiente mais humanizado e individualizado do que o institucional.


A “Família Acolhedora” terá disponibilidade afetiva e será devidamente capacitada e acompanhada por uma equipe técnica da Prefeitura.


– Estamos felizes por poder materializar esse sonho de cunho social da gestão Nestor e Luia, possibilitando que nossas crianças e jovens em estado de vulnerabilidade encontrem pessoas que proporcione a extensão de suas famílias – disse Gomes.


PARTICIPAÇÃO

As famílias interessadas no acolhimento devem procurar a Secretaria da Cidadania e Assistência Social, Rua Getúlio Vargas, 484, Bairro Piratini, ou contatar pelo fone (54) 3286-0791.


Crédito foto: Ascom PM

Comments


bottom of page