top of page
  • Por Roque Tomazeli

Prefeitura de Gramado propõe taxa de conservação ambiental

Em encontro na quarta-feira, 5, representantes da Prefeitura e de entidades locais discutiram a criação de uma “Taxa de Conservação Ambiental (TCA)”. A ideia é de substituir a atual Taxa de Turismo Sustentável (TTS), questionada judicialmente, pela TCA.

Encontro foi no Auditório da Prefeitura


Os segmentos atingidos pela cobrança são, por exemplo, proprietários de hotéis, aluguéis por temporada, parques e museus. A contribuição deverá ser cobrada por pessoa e por dia, mantendo o valor atual de R$ 2,99.


O recurso, de acordo com a Prefeitura, será destinado para a área ambiental e, dependendo de ajustes legais, ao turismo, a segurança pública e à saúde.


– Temos demandas crescentes na área ambiental. Por outro lado, a questão da segurança pública e da saúde estão intrinsecamente ligadas ao turismo, o que não podemos descuidar. E ainda, o fomento para continuidade da qualidade dos nossos eventos públicos, com o fortalecimento da Gramadotur. Questões relevantes que precisamos enfrentar – justificou o prefeito Nestor Tissot (PP).


O projeto de lei do Executivo sobre a TCA deve seguir para a Câmara Municipal ainda neste ano.


Crédito foto: Ascom PM

Comments


bottom of page