1/2
  • Por Roque Tomazeli

Prefeitura confirma aditivo contratual com a Corsan e R$ 212 milhões em investimentos

A Prefeitura confirmou na quarta-feira, 15, a assinatura do aditivo contratual com a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) contendo o compromisso de o Município receber ao redor de R$ 212 milhões em investimentos.

Assinatura de aditivo com a Corsan gera expectativa de investimentos, a exemplo do Bairro Piratini


Segundo a Prefeitura, o aditivo prevê atendimento às metas de tratamento de esgoto e fornecimento de água, conforme o novo marco regulatório previsto para 2033 (e citou que, de acordo com o governo estadual, o prazo foi estipulado para que se consiga realizar o cálculo adequado do valor de mercado da Corsan antes da alienação do controle acionário, que está previsto para o primeiro semestre de 2022).


Entre os valores firmados estão R$ 204,5 milhões em investimentos nos sistemas de esgotamento sanitário e abastecimento de água.


CASO EMBLEMÁTICO

Conforme a Prefeitura, no caso localizado no Bairro Piratini, o aditivo prevê obras de redes e elevatórias das bacias e ampliação da cobertura em 4,40%. Com isso, constou que o esgoto não tratado atualmente e despejado no Arroio Piratini (que desemboca na Cascata Véu de Noiva e dos Narcisos), será coletado e tratado – as obras devem começar em 2023.


SÍNTESE DAS MELHORIAS

Obras na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) da Linha Ávila;


Projeto de esgotamento sanitário para universalização (cobertura atual 41,8%);


Obras de ampliação das bacias 2, 4 e 5 (Bavária, Planalto, Piratini, Lago negro, Prinstrop, Candiago);


Obras de rede, elevatórias e ETE no Bairro Várzea Grande;


Obras de redes e Estações de Bombeamento de Esgoto (EBEs) nas áreas de contribuição para a ETE Dutra – Dutra, Avenida Central, Moura, Carniel;


Obras de redes, ETE e EBEs da bacia do Vale do Quilombo;


Estudos de viabilidade técnica, operacional e financeira para atendimento do setor de expansão urbana, próximo ao Golf Club;


Elevatória para Gramado na Estação de Tratamento de Água (ETA) II, adutora de água tratada entre Canela e Gramado e novo reservatório de 2 mil m³ – reservatório ExpoGramado;


Reservatório Aspen Moutain.


Crédito foto: Roque Tomazeli