top of page
  • Por Roque Tomazeli*

O governador é gay. E daí?

O governador Eduardo Leite (PSDB) assumiu sua orientação sexual em programa de TV gravado na quinta-feira, 1º: “Eu sou gay”, disse ao jornalista Pedro Bial, explicando que antes não afirmava nem negava tal condição.

Em 2018, durante a campanha ao Piratini, o assunto sobre a orientação sexual do candidato Eduardo Leite compôs ataques de adversários. Porém, ao que parece, não fez diferença para a maioria dos eleitores gaúchos – e Leite venceu no primeiro e no segundo turno.


Por isso, a declaração do governador mais surpreende pelo fato de tornar público algo de caráter íntimo, privado. Talvez nem precisasse, pois no imaginário popular ainda havia um questionamento do tipo “será que ele é?”


A propósito de coisas mais ou menos assim, o ex-deputado federal Paulo Maluf, no final da década de 1970, disparou: “No Brasil, o político é veado (seria 'viado', provavelmente da expressão transviado), corno ou ladrão. A mim, escolheram como ladrão.”


Certamente qualquer um pode dizer o que quiser. O problema, contudo, é como isso será recebido. No caso do governador, o jornalismo profissional, por exemplo, foi receptivo à declaração. O meio político (cauteloso, é da sua natureza) também avaliou positivamente. Já os críticos, criticaram – pouco a ver com a orientação sexual de Eduardo Leite.


Mas, afinal de contas, o que estará por trás dessa súbita declaração identitária? Transparência, amor, uma causa política? Concretamente, a um ano e meio do fim de seu governo (caso cumpra o mandato) ou deixando o cargo em abril de 2022, para disputar o Palácio do Planalto, Eduardo Leite, desde quinta-feira, é um nome discutido no Brasil.


Agora, como em Eclesiastes, para tudo há uma ocasião certa: tempo de plantar e tempo de colher. Então, só o tempo mostrará se o ousado gesto do governador foi prudente para sua vida pessoal, presente e futuro político.


*Jornalista (foto) diplomado e editor do Repórter Gramado


*Texto atualizado às 18h28, retirando a expressão Arena

Comments


bottom of page