1/2
  • Por Roque Tomazeli

Lago Negro: Snowland Participações passa a explorar restaurante e cafeteria

A licitação para a concessão onerosa de uso do espaço térreo do prédio do Parque do Lago Negro (365 metros quadrados), com a finalidade de exploração de restaurante, cafeteria e bistrô, tem como vencedora a empresa Snowland Participações e Consultoria. O aluguel mensal é de R$ 24 mil. O prazo é de cinco anos, podendo ser renovado por igual período.

Área comercial no parque a ser administrada pela nova concessionária

A concessionária será responsável pelas manutenções, conservações e substituição dos equipamentos dos banheiros públicos no parque, incluindo itens como materiais de limpeza e higiene, e disponibilizar pessoal para prestação de serviços de limpeza dos banheiros sete dias por semana, enquanto os mesmos estiverem abertos ao público.


Ainda, a concessionária deverá contratar e disponibilizar, no mínimo, um vigia para prestação de serviços durante 24 horas por dia e sete dias por semana, a fim de garantir a segurança do local, e cuidar da iluminação externa da entrada do parque até o prédio.


Também é obrigação da concessionária a realização da limpeza da área de circulação de pessoas ao redor do prédio, num raio de 100 metros, inclusive a manutenção e o plantio de flores no canteiro existente entre as calçadas de acesso ao lago.


SUBLOCAÇÃO

É admitida a sublocação de espaços para atividades comerciais, tais como loja de recordações, artigos de viagem e promoção do destino Gramado, desde que não descaracterizada a atividade principal e mediante requerimento formal e autorização expressa do Município.


Crédito foto: Roque Tomazeli (arquivo)