1/2
  • Por Roque Tomazeli

Conferência Municipal de Cultura discute economia criativa, define conselho e delegados

A 7ª Conferência Municipal de Cultura de Gramado, realizada nos dias 14 e 16, discutiu temas como economia criativa e ecossistemas criativos. O encontro ainda escolheu os novos componentes do Conselho Municipal de Política Cultural e os delegados de Cultura do Município, estes para a conferência estadual.


Conferência reuniu autoridades e convidados


De acordo com o secretário da Cultura, Ricardo Bertolucci Reginato, os painéis propostos procuraram introduzir um novo debate, uma nova concepção da cultura como alicerce básico sobre o que se discute atualmente, a exemplo de inovação econômica em todo o mundo.


– A Secretaria da Cultura está se colocando como parte integrante desse movimento que tem como objetivo ocupar espaços, formar, inovar e demonstrar o potencial dos agentes culturais locais – disse.


ELEITOS

Adriano Gonçalves, eleito delegado de Cultura, e Gilselaine Farias, eleita suplente, representarão Gramado na Conferência Estadual de Cultura em 2022.


Para o Conselho Municipal de Política Cultural, os escolhidos foram:


Artes Cênicas: Lucas Fialho (titular) e Potira Moura (suplente);


Artesanato: Gilselaine Farias (titular) e Doglas Wammes (suplente);


Artes Visuais: Adriano Gonçalves (titular) e Lourdes Abreu (suplente);


Audiovisual: Sérgio Oliver (titular) e Renan Sandi (suplente);


Dança: Viviane Krammer (titular);


Música: Juliana Sehn (titular) e Jane Pozzo (suplente);


Literatura: Janaína Poletti (titular) e Naiana Amorim (suplente);


Manifestações Populares: Elaine Noel (titular);


Patrimônio Histórico: Maria Helena Willrich (titular) e Lurdes Corrêa (suplente);


Produção Cultural: Daniel Bertolucci (titular).


PALESTRANTES

A Conferência Municipal de Cultura reuniu os palestrantes Tarson Nuñez, pesquisador do Departamento de Economia e Estatística da Secretaria do Planejamento do Estado; Mary Sandra Ashton, doutora em Comunicação Social da PUC e docente no Programa de Mestrado em Indústria Criativa da Feevale; Gabriella Meindrad, secretária-adjunta da Cultura do Estado; Cristiano Max, doutor em Comunicação Social e coordenador do Mestrado de Indústrias Criativas da Feevale; Antônia Wallig, gestora Cultural, educadora e coordenadora do projeto cultural Vila Flores; Carolina Maia, coordenadora do Projeto RS Criativo, mantido pela Secretaria de Estado da Cultura.


Crédito foto: Ascom PM